Notícias

Fique por dentro

Uma banda com alegria

Na sexta-feira, dia 06/03 a banda de música da Associação Pestalozzi de Brasília ganhou uma madrinha. Uma não, várias! São as integrantes do grupo “Agentes da Alegria”, que se dedicam a ações de solidariedade a entidades sociais da cidade.

Sem vínculo político ou religioso, elas agem com o coração. Mensalmente, elegem uma instituição ou uma causa, buscam conhecer as suas carências e vão à luta. Foi assim que elas reservaram o mês de março para ações da Associação Pestalozzi de Brasília.

“Nosso grupo, já com 135 pessoas, se integra para ajudar uma determinada causa social. São pessoas voluntárias, que agem espontaneamente”, contou Gabriela Monteiro Luz, a líder do grupo, em visita à Associação Pestalozzi de Brasília/DF.

Nessa visita, com algumas amigas, os Agentes da Alegria entregaram instrumentos musicais, microfones, e caixa de alto-falante para a banda de música da Associação, dirigida pelo professor André. A banda é um dos recursos oferecidos pela Associação Pestalozzi de Brasília aos seus alunos, além de atividades em artes plásticas, dança, esportes, dentre outros

 

Trabalho para ser feliz

“A gente desenvolvia a música, mas nossos instrumentos eram muito improvisados, feitos de papelão, caixa de sapatos, garrafa pet com arroz dentro... Mesmo assim nos apresentávamos e nos tornávamos conhecidos” explicou o professor André .... que dirige a Banda Pestalovers.

O trabalho com os alunos segue o método do professor Suzuki, que começa com a percussão e depois evolui para os instrumentos melódicos e harmônicos.

“Estamos muito feliz recebendo essas doações do grupo Agentes da Alegria, pois temos agora a nossa caixa de som, microfone sem fio, novos instrumentos que muito vão ajudar nos nossos eventos. Espero que, com o tempo, como vocês são agentes da alegria, possam observar que aqui a gente tenta ser feliz todos os dias. A gente quer ser feliz com o trabalho que realizamos”.

A Banda Pestalovers

 

“Cada um dá o que pode”

Ao longo dos anos, Gabriela... trabalha em ações sociais de Natal e outras datas festivas. Mas, um dia pensou: “E o que acontece com essas pessoas nos demais dias do ano”?

Agente penitenciária do Governo do Distrito Federal, cedida ao Conselho Tutelar, sua rotina tem muito a ver com as dificuldades de vários segmentos da sociedade candanga. Foi assim que ela começou a mobilizar amigas pela rede social (Whatsapp). E hoje, ao completar o quarto ano de atividades, o grupo Agentes da Alegria já tem 130 pessoas integradas. Nem todas são de Brasília. Há pessoas de outras cidades e até países, que contribuem com os programas mensais.

Foi nessa rede de contatos que as Agentes da Alegria chegaram à Associação Pestalozzi de Brasília. “Um adulto com deficiência não é visto, é como se não existisse”, disse Gabriela na reunião com a direção da Associação Pestalozzi de Brasília. “É para esses que nosso grupo também trabalha. Por isso estamos muito felizes em estar aqui com vocês. Cada integrante ajuda como pode, cada um dá o que pode”, afirmou.

Publicado em 19/03/2020

Pestalozzi Brasília

É graças a sua generosidade que podemos ajudar...

Doar tempo e amor...
Seja um voluntário

Pestalozzi Brasília
Setor de Clubes Esportivos Trecho 3
Lote 4 - Setor Sul, Brasília - DF
71200-000

Siga-nos: